Odeio São Paulo!

Viajando pelo Brasil certa vez encontrei uma pessoa que me confessou detestar São Paulo. Sem meios termos. Odiava a cidade. O motivo? Bom, disse que veio com a família à passeio, ficou em casa de parentes por poucos dias, e só saiu pela cidade durante a semana, no horário de pico, utilizando transporte público.

Resumindo, não foi a nenhum lugar interessante e escolheu o pior dia e horário pra sair de casa, pois ficou espremido dentro do metrô, lotado de pessoas cansadas que voltavam para casa ao final de um dia estressante de trabalho.

Perguntei se havia visitado algum dos vários museus da cidade, ou se passeou em pelo menos um dos seus parques, se aproveitou alguma das diversas atrações culturais, se provou alguma das diversas opções culinárias da cidade, enfim, disparei perguntas cuja resposta eu já conhecia… Então era essa a única imagem que tinha de São Paulo…

Cidade de contrastes

Quem observa São Paulo percebe que é uma cidade de contrastes. Possui muitos aspectos negativos, como também possui inúmeros aspectos positivos. Poderíamos falar por horas e horas dos problemas, e mais horas e horas das maravilhas de São Paulo.

Então, qual é a síntese? Em que se resume a cidade?

Depende de cada um. Olhares comodistas criticam São Paulo impiedosamente. Olhares atentos encontram belezas raras, ocultas, e se estes olhares atentos forem também generosos, trazem estas belezas à luz onde todos possam contemplá-las.

Foi isto que encontrei neste blog, um olhar crítico, atento e generoso, revelando um aspecto de São Paulo em um belo ensaio p&b. Para quem gosta de fotografia, e para quem ama ou odeia São Paulo:

http://blog.andreberlinck.com.br/

O que fazer em São Paulo?

Diante de tantas opções, começamos com uma lista resumida das principais atrações paulistanas. Esta lista, com o tempo, crescerá em número de locais e qualidade da descrição, com o acréscimo de fotos e informações úteis:

  • Pico do Jaraguá
  • SESC Pompéia
  • Teatro Municipal
  • Terraço Itália
  • Pátio do Colégio
  • Mercado Municipal
  • Estação da Luz
  • Torre do Banespa
  • Sala São Paulo
  • Instituto Butantã
  • Praça do Pôr do Sol

Museus e Centros Culturais

  • Fundação Maria Luisa e Oscar Americano
  • Museu do Ipiranga
  • Museu da Língua Poruguesa
  • MASP
  • Centro Cultural de São Paulo
  • Pinacoteca
  • Centro Cultural Banco do Brasil
  • Memorial da América Latina

Parques

  • Parque da Aclimação
  • Parque da Cantareira
  • Parque do Ibirapuera
  • Parque Alfredo Volpi
  • Jardim Botânico
  • Parque Burle Marx


Parque do Ibirapuera

http://www.parquedoibirapuera.com

Quem vai ao Parque do Ibirapuera pensando encontrar apenas um local com área verde onde possa praticar atividades físicas ou passar a tarde deitado na grama, ao lado do lago, cercado de cisnes, vai se surpreender: o parque oferece muito mais do que isso!

Parque do Ibirapuera, com Obelisco ao fundo.

Panorâmica de um dos lagos do Parque. Foto: Alberto R. Ocroche/Creative Commons

Lá você vai encontrar o Museu de Arte Moderna, Museu de Arte Contemporânea, a Fundação Bienal, a Oca, o Auditório Ibirapuera, pra citar apenas algumas das principais atrações.

Agora, se sua intenção é conhecer apenas o parque ao invés de se aventurar em exposições e mostras de arte, considere visitar os locais abaixo. São visitas rápidas e muito legais.

Planetário Municipal

Temos que admitir: o céu de São Paulo não é dos mais belos!

Porém, tente imaginar como seria se não tivesse nenhuma poluição, nenhuma nuvem, com todas as luzes da cidade apagadas! Ah, bem melhor, não?

Agora imagine ver este belíssimo céu todo estrelado com as explicações de um astrônomo sobre cada fenômeno observado, as constelações, estrelas e planetas!

Pois é, com o equipamento do planetário é possível simular isto de forma bastante realista, e a explicação é bem didática. Vale a pena a visita!

Não deixe pra comprar seu ingresso na última hora, pois as sessões costumam ser lotadas. A sala é aberta ao público 30 minutos antes do início de cada sessão.

Fontes

As fontes do parque são um espetáculo à parte, especialmente quando o parque recebe as decorações de final de ano. Vale a pena esticar o horário da visita para assistir ao show. Consulte antes os horários das apresentações no site do parque.

Fontes do parque, com decoração de Natal. Foto por Silvio Tanaka.